2° etapa do circuito baiano de judô será adiada por conta do COVID-19

Febaju anuncia adiamento do Circuito Baiano de Judô Unimed.

Nesse sábado (27) aconteceria a 2° etapa do Circuito Baiano de Judô Unimed. No entanto, em meio ao aumento dos casos do novo Coronavírus na Bahia, a Federação Baiana de Judô (Febaju) decidiu adiar a atividade para o dia 13 de março de 2021.

No último domingo (21), o governador Rui Costa afirmou, através das redes sociais, que a Bahia chegou a marca de 80% da ocupação de leitos de UTI. O governo estadual anunicou um novo decreto que visa conter o número de casos da Covid-19, que não cita o impedimento para realização de eventos esportivos. Contudo, a Febaju compreende a importância de adiar a atividade, zelando pela saúde de atletas, técnico, familiares e profissionais envolvidos no Circuito Baiano.

A primeira etapa do Circuito aconteceu em janeiro, em Simões Filho e seguiu um rigoroso protocolo de saúde, com testagem dos atletas que competiram, aferição de temperatura, totens com álcool, distribuição de máscara e uso obrigatório da mesma, distanciamento social e proibição de público no equipamento esportivo, o que garantiu a segurança na atividade e não indicando nenhum caso de atletas diagnosticados pós evento. Apesar do judô baiano demosntrar que é possível a realização de eventos esportivos com responsabilidade e todos os cuidados necessários, a Febaju optou por entrar nessa corrente do bem para a diminuição de casos da doença no Estado.

“Estamos vivendo um momento grave e bastante delicado. Diante disso, entendemos que para segurança de todos, é necessário o adiamento do Circuito Baiano de Judô. Contamos com a compreensão de todos e pedimos que fiquem em casa, usem máscara e se cuidem”, destaca o presidente da Febaju, Marcelo Ornelas.

Por Thaís Brandão
Assessoria de Comunicação da Federação Baiana de Judô (FEBAJU)
Site: www.febaju.com.br
Contato: ascom@febaju.com.br
Telefone: (71) 99303-0141 / 98340-6520

323 thoughts on “2° etapa do circuito baiano de judô será adiada por conta do COVID-19

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *