Otero veste a 11 do Corinthians, agradece sinceridade de Sampaoli e manda até abraço a Marcelinho

Venezuelano pode estrear com a camisa do Timão já nesta quarta-feira, contra o Fortaleza

O meia-atacante venezuelano Romulo Otero foi apresentado pelo Corinthians na tarde desta terça-feira, em entrevista coletiva virtual, direto do CT Joaquim Grava.

Novo dono da camisa 11 do Timão, falou sobre ídolos do clube, como Marcelinho Carioca, disse treinar faltas todos os dias e prometeu até mesmo um gol de bola parada nesta quarta-feira, contra o Fortaleza, às 21h30, na Arena, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

Otero está regularizado e pode estrear.

Conhecido por suas cobranças de falta de longa e média distância, Otero agradeceu a comparação com o Pé de Anjo e disse conhecer, sim, a história do ídolo alvinegro.

– Minha bola parada é minha maior característica, conheço Marcelinho Carioca, não pessoalmente, mas quando cheguei no Brasil e começaram comparações, vi muitos jogos dele no Youtube, tinha uma excelente batida. Treino todo dia para aperfeiçoar a batida. Até agradeço a comparação, ele é um grande ídolo aqui, mando um abraço para ele. Treino a cada dia, vou treinar as faltas para darem certo em campo – disse o jogador, durante a entrevista.

– Tento treinar todo dia, quando não estou cansado, desde que cheguei ainda não treinei, acredito que vou treinar hoje para amanhã já fazer um gol de bola parada.

Otero tem contrato com o Galo até o meio do ano que vem, mas não estava mais nos planos do técnico Jorge Sampaoli para a atual temporada. O venezuelano não guarda mágoas do argentino e falou com tranquilidade sobre o período em Belo Horizonte.

– Na verdade, não tenho nada a falar de Sampaoli, trabalhei com ele muito pouco tempo e consegui perceber que é um grande treinador, ambicioso no que quer, desejo sorte a ele e aos companheiros. Quero agradecer a toda torcida do Atlético-MG e aos companheiros, foram momentos felizes que vivi lá. Sobre Sampaoli, agradeço ele pela sinceridade, que conversou que não ia contar comigo. Depois disso, liguei para meu empresário e falei: quero jogar no Corinthians. Ele fez de tudo para que eu estivesse aqui. Não tenho nada a falar de Sampaoli, a comissão é excelente, aprendi muito no pouco que estive com ele, agradeço de verdade”

Foto da loja Cristina store

Posicionamento

Otero pode jogar pelos dois lados do ataque, como um ponta, e também pelo meio. No Atlético-MG, na maior parte do tempo, foi um atacante pelos flancos. A tendência é que isso se repita no Timão. O lado esquerdo é o preferido do venezuelano.

– Jogo nas três: meio, direita ou esquerda. Mas me sinto muito melhor pela esquerda, minha maior característica é o chute, então pela esquerda encaro pelo meio e chuto no gol. Ou vou para o fundo e cruzo na área. Das três, é a posição que me sinto melhor. Estou à disposição do treinador, gostaria muito de já jogar, estou ansioso, mas não sei se vou jogar com Luan, com Araos, com Léo (Natel), com Vital, não sei. Isso já é parte do treinador, vou esperar minha oportunidade.

Por Erasto Correia, fonte: Ana Canhedo e Marcelo Braga

282 thoughts on “Otero veste a 11 do Corinthians, agradece sinceridade de Sampaoli e manda até abraço a Marcelinho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *