Corinthians fecha com Otero por um ano e salário de R$ 400 mil

O Corinthians fechou a contratação do meia Otero, do Atlético-MG, por empréstimo de uma temporada. O clube paulista não pagará nada para ficar com o jogador até o fim de julho de 2021, somente o ordenado do atleta no mercado da bola.

Segundo apurou o UOL Esporte, o venezuelano receberá R$ 400 mil mensais para atuar no time de Parque São Jorge.

A negociação avançou hoje (17), mas faltava o acordo sobre o salário do jogador. Otero recebe mais do que R$ 400 mil no Galo, mas o Timão bateu o pé e disse que só fecharia nessas condições: salário de R$ 400 mil e empréstimo gratuito.

O Atlético-MG, por fim, aceitou compor o ordenado. Otero surgiu como “oportunidade de mercado”, já que a diretoria alvinegra pretendia encerrar o ciclo de contratações com Jô.

O venezuelano chega para brigar por posição com Luan, Mateus Vital, Ramiro e até Araos, primeira opção do setor no banco de reservas. Isso porque Otero pode atuar aberto pelos lados ou centralizado.

A versatilidade e a bola parada fizeram o Corinthians apostar na contratação do ex-meia do Atlético-MG.

Antes de Otero, o Corinthians havia contratado sete jogadores para a temporada 2020. Casos do meia Luan, o volante Victor Cantillo, o lateral Sidcley, o atacante Matheus Davó, o volante Éderson, e mais recente, os atacantes Jô e Léo Natel.

Yony González também foi contratado e poderia aumentar o número de reforços para oito nesta temporada. Mas o colombiano foi devolvido após o Timão desistir de comprar o jogador em definitivo após o fim do empréstimo no meio deste ano.

Espaço shin melhor local para treino e performance em Guanambi-ba

O meia Otero ainda não foi anunciado oficialmente pelo Corinthians e, por isso, não deve reforçar o time contra o Coritiba, nesta quarta-feira (19), às 21h30 (de Brasília), na Arena de Itaquera, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro.

Por Erasto Correia, fonte:

Samir Carvalho

Do UOL

439 thoughts on “Corinthians fecha com Otero por um ano e salário de R$ 400 mil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *