JUSTIÇA NEGA PEDIDO DE IMPEACHMENT CONTRA PRESIDENTE DO CORINTHIANS

Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, passou ileso pelo pedido de afastamento imediato que se tornou público na última segunda-feira. A Justiça negou o pedido de impeachment contra o atual mandatário do Timão, que havia sido requisitado pelo grupo de oposição “Frente Liberdade Corinthiana”.

Nesta terça-feira, o juiz Rubens Pedreiro Lopes, da 4ª Vara Cível do Foro Regional VIII do Tatuapé, declarou que não há motivos suficientes para aceitar a ação movida pela oposição do Parque São Jorge. Na sentença, o juiz também pontuou que seria preciso ouvir o lado da diretoria corinthiana 

Cabe lembrar que a diretoria do Timão não demorou para se posicionar sobre o assunto após a divulgação do pedido de afastamento. Em nota oficial, o clube se mostrou tranquilo e classificou a situação como “oportunismo eleitoral”.

A principal justificativa para o pedido de impeachment foi de que houve desrespeito com o estatuto do Timão e gestão temerária. Outra questão levantada pela oposição foram os empréstimos feitos e publicados no balanço do ano passado. Ao todo, foram R$ 70 milhões repassados para dois bancos.

“Diante da ausência dos requisitos legais, indefiro, por ora, o pedido de concessão de tutela sob tal fundamento. No presente caso, analisando as alegações contidas na inicial, infere-se que os elementos de convicção constantes dos autos não demonstram a fumaça do bom direito para o acolhimento da pretensão, como requerida.

Isso porque os documentos apresentados com a inicial não evidenciam a plausibilidade do argumento da parte autora, porquanto, os fatos são controvertidos e somente poderão ser melhor analisados sob o crivo do contraditório”

Por Vitor chicarolli

187 thoughts on “JUSTIÇA NEGA PEDIDO DE IMPEACHMENT CONTRA PRESIDENTE DO CORINTHIANS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *