Banco que patrocinará Fla é de governo com um político rubro-negro à frente

Ibaneis Rocha convidou Paulo Henrique Costa para assumir a presidência do BRB (Banco Regional de Brasília) em 2019. E lhe entregou algumas missões, entre elas, tornar o banco mais conhecido além do Distrito Federal, que governa. Partindo desse raciocínio, podemos concluir que, ao patrocinar o Flamengo, a estatal estaria levando adiante tal objetivo. Mas não é só.

O governador do DF é rubro-negro fanático, há quem diga que sonha presidir o clube. Em 2019, entre outros jogos, Ibaneis esteve no Maracanã na estreia do técnico Jorge Jesus no estádio, a goleada sobre o Goiás por 6 a 1. Também foi a Guayaquil, onde o treinador português sofreu sua primeira derrota (Emelec 2 a 0) e em Lima, na final da Libertadores diante do River Plate.

O político já foi questionado por constantes viagens, independentemente de serem motivadas por pelejas do seu time de coração, ou não. O basquete masculino do Flamengo, por sinal, recebeu o patrocínio do BRB em 2019, o que gerou algumas queixas de pessoas da equipe local, rival dos rubro-negros nas quadras. Ibaines alegou que quase 60% da população brasiliense é flamenguista.

Embora não tenha sido eleito na onda bolsonarista, o governador do Distrito Federal melhorou sua relação com o presidente da República em meio à pandemia do novo coronavírus. “Somos irmãos”, disse Bolsonaro a Ibaneis em abril, na posse de André Luiz Mendonça no ministério da Justiça e Segurança Pública. Próximo de ambos, o Flamengo conquista novo patrocínio, mais na política do que no marketing ou no marketing político?

Mauro Cezar Pereira

122 thoughts on “Banco que patrocinará Fla é de governo com um político rubro-negro à frente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *