William Bonner se despede de Weintraub no ‘JN’ da melhor forma possível

Após um dia intenso na política brasileira, jornalista deu ao povo o que o povo mais queria: uma bela porrada

A internet esperou o dia inteiro por esse momento. Foram horas de angústia e ansiedade, aguardando que William Bonner se manifestasse no “Jornal Nacional” de alguma forma sobre o governo de Jair Bolsonaro (sem partido), após um dia de prisão de Fabrício Queiroz e demissão do ministro da Educação, Abraham Weintraub. A porrada veio.

Nas escaladas, aquele momento inicial do telejornal em que os âncoras informam os principais assuntos sobre os quais aquela edição irá tratar, Bonner fez um comentário muito oportuno e muito ácido sobre o período em que Weintraub esteve à frente do MEC.

“Abraham Weintraub não é mais ministro da Educação. Ele cai depois de catorze meses entre erros de português e ataques aos outros poderes, e até a líderes estrangeiros”, disse Bonner. Renata Vasconcellos concluiu: “Como último ato, Weintraub suspende o incentivo de inclusões de minorias em programas de pós-graduação“.

1.960 thoughts on “William Bonner se despede de Weintraub no ‘JN’ da melhor forma possível